Rio de Janeiro

A semana Pensamento Criativo compreende 4 dias de palestras e debates realizados ao longo da semana, de terça à sexta-feira, das 14h às 18h. A oficina será de sábado às domingo, das 14h às 19h, conforme o cronograma previsto:

Dia 1
24/10/2017
14h - 18h

Palestra

O Processo Criativo

com Rivane Neuenschwander e Júlia Rebouças

A artista Rivane Neuenschwander trata, a partir do processo de criação de trabalhos recentes, da importância da infância e da história no moldar da sua subjetividade. Como reapropriar-se da pulsão de criação contra seu abuso pelo regime colonial-capitalístico que a transforma em "criatividade"?

Dia 2
25/10/2017
14h - 18h

Palestra

Arte e cotidiano

com Moacir dos Anjos e Barbara Wagner

O curador Moacir dos Anjos e a artista Bárbara Wagner, ambos radicados no Recife, mantém um diálogo a partir de trabalhos realizados em parceria ao longo dos últimos anos. Este eixo é dedicado a pensar como a singularidade do contexto político, histórico e cultural de cada criador faz marca no corpo de sua produção e trajetória.

Dia 3
26/10/2017
14h - 18h

Palestra

Memória e criação

com Fernanda Lopes e Rosângela Rennó

A curadora e pesquisadora Fernanda Lopes desenvolve reflexão sobre a memória como possível lugar de nascimento de enredos e práticas em arte contemporânea.

A artista Rosângela Rennó conversará sobre trabalhos que desenvolveu recentemente, como o projeto Nuptias, conectando-o de diversas maneiras com seus trabalhos anteriores, envolvendo desde a pintura aprendida na Escola Guignard em 1987, como todo seu aprendizado sobre a história da fotografia com ênfase na imagem vernacular, permeando investigação das relações entre memória e esquecimento e o imaginário sobre as tradições do casamento e da documentação.

Dia 4
27/10/2017
14h - 18h

Palestra

Ficção e arte

com Edson Luiz de Sousa e Peter Pál Pelbart

O filósofo húngaro radicado em São Paulo, Peter Pál Pelbart, e o psicanalista gaúcho Edson Luiz de Sousa pensam a legitimidade da criação ficcional do ponto de vista do desenvolvimento da nossa personalidade e no processo de criação na arte contemporânea e no teatro. Pelbart traz uma fala sobre como esses processos possam ser pensados como possibilidades de invenção, movimentos de resistência, com forças do presente. Para Edson Luiz de Sousa, a arte sempre abriu espaços para o pensamento utópico. A utopia é o que faz barra na ilusão de um sentido único da história. Surge, portanto, como imagem crítica e interrogativa abrindo para o sujeito outras imagens possíveis de um ainda por vir, pois a utopia é construída como um texto que anuncia o horizonte de uma práxis do sonhar.

Dia 5
28/10/2017
14h - 19h

Dia 6
29/10/2017
14h - 19h

Oficina

OFICINA DE AUTO-PUBLICAÇÃO

com Lucas Gehre e Neno

O quadrinista e artista plástico Lucas Gehre e o designer Neno desenvolvem em uma atividade coletiva um projeto de publicação para ser impresso, montado e distribuído entre os participantes ao final da oficina. Com a discussão compreende-se particularidades de se autopublicar e exercita-se a etapa de produção e reflexão sobre acabamento, viabilidade técnica, noções de design básicas e distribuição do material.